sábado, 18 de novembro de 2017

Homem que matou ex-esposa continua foragido, diz polícia



Na manhã desta quinta-feira (16), a técnica em enfermagem Domingas Ladyelle Sousa Maciel foi morta a facadas dentro da própria casa, no bairro Coroadinho. Em São Luís, esse é o 31º caso de feminicídio só este ano.
Segundo a Polícia Civil, o assassino é o porteiro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga, João Batista dos Santos, que continua foragido. Domingas e João tinham um casamento de 18 anos, mas estavam separados há 3 meses.

De acordo com a Delegada do Departamento de Feminicídios do Maranhão, Viviane Azambuja, não há mais dúvidas de que o ex-marido é o autor do criime. “Ele foi visto por vizinhos saindo da casa logo após o crime e sujo de sangue. Ele também deixou lá dentro o capacete dele e saiu sem o capacete. Então todas as evidências apontam para ele e a gente realmente não tem dúvida”, declarou a delegada.
(G1 MA)

32 anos depois da ditadura, Sarney e Michel Temer recriam a polícia política no Brasil

JM Cunha Santos


Sarney e Michel Temer sabem que o povo brasileiro lhes devota um ódio mortal, o que pode ser constatado em milhões de comentários nas redes sociais. Sabem que se depender desse povo nada no mundo os livrará da cadeia. A nomeação de Segóvia para a diretoria geral da Polícia Federal não é, portanto, um fato isolado no atendimento de pedidos de correligionários como Sarney, Romero Jucá e Lobão. É um retorno à polícia política, ao autoritarismo, aos comandos de caça que infernizaram o Brasil durante o regime de exceção.
Todo inimigo político eou adversário de Sarney e Michel Temer será perseguido, vigiado, monitorado. A recente operação da PF no Maranhão é um exemplo disso. Sarney chamou a polícia para 400 funcionários fantasmas que não foram encontrados porque simplesmente não existem; o contrato com uma sorveteria acusada de prestar serviços médicos não foi exibido porque também nunca existiu.
Se prendeu envolvidos, essa fase da operação “Sermão aos Peixes” nem passou perto dos engenhosos corruptos que criaram o brutal esquema de desvio de recursos na Saúde, como Ricardo Murad e outros gênios do crime.
Toda a operação foi, portanto, um ato político da vontade de Michel Temer, Lobão e José Sarney.
Só lembrem que Sarney foi o principal representante do poder civil junto à ditadura militar nos anos de chumbo e Lobão, ao que consta, dedurava colegas jornalistas para os porões do regime, o que lhe teria garantido o primeiro mandato de deputado federal.  Eles sabem muito bem como usar o terror político, sabem tudo sobre polícias políticas, delegacias de ordem social, caça às bruxas e repressão.
O que vimos no Maranhão é só o começo. Logo, em todo o país, jornalistas, intelectuais, sindicalistas, líderes de movimentos sociais estarão na mira do poder político-policial que se instala, ainda e por enquanto sob a forma disfarçada de democracia.
Porque Michel Temer vai precisar de força bruta para lidar com 97 % de desaprovação do povo brasileiro.
Porque as reformas criminosas que propõe contra o trabalhador não vão se sustentar sem atos programados de exceção.
Porque os brasileiros não vão aceitar inertes por muito tempo o aumento diário da gasolina, o preço do gás de cozinha subindo aos saltos, a conta de energia elétrica apagando os salários do povo para pagar a corrupção de um presidente acusado pelo Ministério Público de liderar uma organização criminosa dentro do PMDB.
É isso. Michel Temer e José Sarney estão montando um Estado Policial no país para evitar que todo o quadrilhão do PMDB vá parar na cadeia, para estancar a Lava Jato e continuar enchendo malas e apartamentos de dinheiro público, roubando desgraçadamente o povo desta Nação.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Informações da PF sobre sorveteria são falsas

A saúde do Maranhão não teve sorveteria como prestadora de serviços hospitalares, pelo menos, a partir de janeiro de 2015. A razão é simples: desde 4 de outubro de 2013 a empresa CCO Indústria de Sorvetes Ltda., criada em 2010, deixou de existir.     

A saúde do Maranhão não teve sorveteria como prestadora de serviços hospitalares, pelo menos, a partir de janeiro de 2015. A razão é simples: desde 4 de outubro de 2013 a empresa CCO Indústria de Sorvetes Ltda., criada em 2010, deixou de existir.
Documentos do contrato social de constituição da empresa registrados na Junta Comercial do Maranhão (Jucema), aos quais o portal Página 2 teve acesso, desmentem a versão dada pelo delegado da Polícia Federal, Wedson Cajé Lopes, que comanda a operação “Pegadores”.
Segundo a investigação da PF, a empresa CCO Indústria de Sorvetes Ltda., teria prestado serviços à Secretaria de Estado da Saúde até fevereiro de 2015.

A cláusula 4ª do contrato social, registrada em outubro de 2013 na Jucema, altera a denominação social para Ágora Empreendimentos Educacionais Ltda. O objeto social, segundo a cláusula 5ª alterou-se para treinamento em desenvolvimento profissional e gerencia; educação profissional de nível técnico (consultoria).
A empresa voltou a alterar o contrato social em 2015, quando passou a ser denominada ORC Gestão e Serviços Médicos Hospitalares Ltda-ME. A cláusula 3ª do contrato define como objeto social para atividades de atendimento hospitalar exceto pronto socorro e unidades de atendimento de urgências.

Os documentos registrados na Jucema mostram que a Polícia Federal errou ao afirmar que uma sorveteria prestou serviços hospitalares para a Secretaria de Saúde do Maranhão.

Governador Flávio Dino requer nomes de 400 funcionários fantasmas que a polícia de Sarney diz existir na SES

JM Cunha Santos


O governador Flávio Dino reagiu à ação da polícia política de Sarney e Michel Temer na Secretaria da Saúde, afirmando: “O modelo que herdamos foi que originou as operações da Polícia Federal. Não se desmonta isso em semanas ou meses, sobretudo em um serviço que não pode parar, como a saúde.
O governador requereu formalmente os nomes de uma lista de 400 funcionários fantasmas que a Polícia Federal menciona “Para tomar providências administrativas”. Repito – ele disse – estamos esperando a lista dos alegados 400 fantasmas para verificar se isso procede, quem foi o responsável, em qual época e por qual motivo.
O governador escreveu também no twiter que “Por minha orientação todas as equipes estão sempre à disposição para colaborar com investigações sérias e isentas. Flávio Dino registrou que falta à oligarquia Sarney/Murad condições mínimas para falar em moralidade. “Que cuidem dos seus problemas na Polícia e na Justiça. São muitos”, afirmou.

Segundo Flávio Dino “Desde 2015 é esse desespero para me nivelar a eles, para dizer que “nada mudou”. Mas o fato objetivo é que não tenho nenhum problema pessoal na Polícia e na Justiça. E assim continuarei”.

“Jamais esperava que fosse um hospital público”, diz paciente sobre Hospital de Ortopedia


Hospital de Traumatologia e Ortopedia inaugurado no dia 10 de outubro. 
(Foto: Gilson Teixeira)
Com ombro fraturado após uma queda ocorrida há 16 dias, o frentista José Raimundo Pereira foi um dos cerca de 140 pacientes que até agora já conheceram e utilizaram os serviços de cirurgia do Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Governo do Maranhão (HTO), inaugurado no dia 10 do mês passado.
“Está cada vez melhor. Jamais eu esperava que fosse um hospital público, o atendimento é bom desde a entrada”, comentou. Acompanhado da esposa, Raimunda Nonata dos Santos Ribeiro, o frentista estava com cirurgia marcada para outro hospital e, assim como a esposa, gostou do procedimento ter sido realizado no HTO.
“Ligaram para vir pra cá e eu achei ótimo. O atendimento é bom, é tudo limpo e tem muitos médicos. A gente que não tem plano de saúde fica preocupado, mas assim é bom demais”, comentou.
Desde a inauguração, o HTO fez 140 cirurgias, 1.580 consultas, 954 exames de raio-x e 1.763 exames de laboratório.
Criado para desafogar as filas de espera por cirurgias e procedimentos ortopédicos que se formavam no estado, o HTO conta com mais de 300 profissionais. Desses, 45 são médicos ortopedistas, parte dos quais tem qualificação internacional. A unidade possui 44 leitos, sendo 34 de enfermaria e 10 de UTI.
“O objetivo é dar agilidade ao funcionamento da ortopedia no que se refere à média e alta complexidade, acelerando as filas, resolvendo os problemas e garantindo que as pessoas sejam atendidas”, explicou o diretor geral da unidade, Newton Gripp.
Fim da espera


A agilidade garantiu o fim da espera pela cirurgia do aposentado Francisco Aragão, de 69 anos. A esposa dele, Terezinha Dutra Santos, conta que foram três anos de espera para a cirurgia que vai resolver os problemas causados por uma infecção no joelho.
Segundo ela, a situação do marido era muito difícil. “Era muito ruim porque doía, inchava, tinha que usar medicamento direto”.
“Ele foi primeiro para o Dutra (Hospital), esperou muito tempo, depois tentou no Geral (hospital) e não deu certo, e aqui a gente veio no dia 3 e já conseguiu fazer a cirurgia”, contou.

Ela diz estar feliz com a cirurgia: “Para gente é uma vitória! Foram anos de espera, agora, que inaugurou esse hospital, rapidinho a gente conseguiu essa cirurgia”.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

SESI e SENAI abrem processo seletivo para contratação de profissionais no Maranhão



O Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Maranhão estão com processos seletivos abertos para contratação de 22 profissionais, sendo apenas duas vagas para cadastro de reserva, nas cidades de São Luís, Imperatriz, Açailândia, Bacabal e Caxias. As inscrições custam R$ 60 para os cargos que exigem o Ensino Médio, R$ 80 para os de Ensino Superior, e podem ser realizadas até o dia 24 de novembro, no site seletivos.fiema.org.br onde também estão disponíveis os editais.
No SESI, as vagas são para Professor de EJA (Educação de Jovens e Adultos) - nas áreas de Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias; Professor de Educação Infantil/Ensino Fundamental - Língua Inglesa, Professor de Educação Infantil/Ensino Fundamental – Ciências; Analista Superior I - Comunicação e Marketing e Profissional de Suporte Operacional - Serviços Gerais (esta última para cadastro de reserva).  As oportunidades são para as cidades de São Luís, Caxias, Imperatriz e Bacabal.
Já para o SENAI, as vagas de emprego são para os cargos de Analista Superior I - Comunicação e Marketing (cadastro de reserva), oferecida na cidade de Bacabal, e para Instrutor de Ensino Superior - Segurança do Trabalho, na cidade de Açailândia.

Os processos seletivos serão executados pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-MA). Informações ou dúvidas podem ser obtidas no IEL-MA localizado na Avenida Jerônimo de Albuquerque, s/n, Casa da Indústria Albano Franco, 1º andar, ou pelo telefone (98) 3212-1894 ou ainda pelo e-mail seletivo@fiema.org.br. A prova objetiva está marcada para o dia 3 de dezembro de 2017, nas cidades onde as vagas estão disponíveis.

Mulher é encontrada morta na sua própria casa

O corpo foi encontrado na manhã desta quinta-feira, 16, no Bairro do Bom Jesus, em São Luís; Informações preliminares dão conta que se trata de mais um crime passional.

Mais um caso de feminicídio foi registrado em São Luís, na manhã desta quinta-feira, 16. Uma mulher foi encontrada morta dentro de sua própria casa, localizada na Travessa Padre Madureira, no Bairro do Bom Jesus.
A vítima, identificada como Domingas Leidiely, foi assassinada violentamente à golpes de faca. Até o momento, o principal suspeito do crime é o seu ex-companheiro, conhecido como Batista. Eles teriam terminado o relacionamento há três meses. Eles estavam juntos há 16 anos juntos e tinham dois filhos.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo. A polícia inicia as investigações e buscas pelo suspeito.

Polícia Federal deflagra nova fase da Operação Sermão aos Peixes na Saúde; desta vez Ricardo Murad não foi conduzido

JM Cunha Santos


Cerca de 130 policiais federais cumpriram, na manhã de hoje, em São Luís, Imperatriz, Amarante e Teresina, 45 mandados judiciais expedidos pela juíza Paula Sousa Moraes, em mais uma fase da Operação Sermão aos Peixes. São 17 mandados de prisão temporária e 28 de busca e apreensão. Esta nova Operação, chamada Pegadores, é uma sequência da Operação Sermão aos Peixes, de 2015, mas não há notícias até agora sobre condução coercitiva do ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad.
A atual operação apura o desvio de recursos da ordem de R$ 18 milhões, através de um esquema de desvio de verbas e fraudes na contratação e pagamento de pessoal. Na Operação Sermão aos Peixes de 2015 as investigações indicaram a existência de 400 pessoas que teriam sido incluídas indevidamente nas folhas de pagamento dos hospitais estaduais, sem que prestassem qualquer tipo de serviço às unidades hospitalares. Esta operação cumpriu 13 mandados de prisão temporária, 60 mandados de busca e apreensão e 27 de condução coercitiva, entre eles o do ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, por desvios no Fundo Estadual de Saúde do Maranhão, empregar pessoas sem concurso público e contratar empresas sem licitação. No período da investigação, o fluxo de recursos destinados pela União ao Fundo Estadual de Saúde do Maranhão foi de R$ 2 bilhões.
Em nota ainda nesta manhã, o governo do Estado esclarece que os fatos da operação têm origem no modelo anterior de prestação de serviços de saúde, todo baseado na contratação de entidades privadas, com natureza jurídica de Organizações Sociais, vigente desde governos passados.

O governo Flávio Dino esclarece também que através da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares, ente público que atualmente gerencia o maior número de entidades de saúde, determinou a realização de processos seletivos públicos para contratação de empregados por parte das organizações sociais e desconhece a existência de pessoas contratadas por organizações sociais que não trabalhavam em hospitais. Atualmente, lei de iniciativa do governo do Estado aprovada na Assembleia Legislativa prevê a abertura de 1.000 vagas na área da saúde através de concurso público, por sinal o primeiro em 25 anos.  

Roberto Rocha na aula de História da Escolinha do Professor Raimundo

JM Cunha Santos 


- Senhor senador aluno (ou aluno senador, estou em dúvida) Roberto Rocha, quem proclamou a República?
- José Sarney, às margens do Ipiranga, bem ali próximo à Fazenda Maguary, no mesmo dia em que editou a Lei de Terras que transformaria o Maranhão no paraíso da grilagem e da especulação imobiliária da terra.
- Cabra ruim... eu não queria ter um filho assim.
- Pra tirar um 10, profícuo aluno senador. Quem proclamou a Independência do Brasil?
- José Sarney, no dia 15 de novembro, através de um Ato Secreto que de tão secreto ninguém tomou conhecimento, a não ser o autor do livro “Honoráveis Bandidos” que acabaria sendo apedrejado no Maranhão no dia do “Não fico de jeito nenhum”.
- O senhor não sabe nada. Aonde diabos foi que estudou História?
- Tem que me dar um desconto, professor. Afinal, eu estudei naquelas escolas de Roseana Sarney, tudo de palha, de taipa, em galpões fedidos, sem merenda escolar, sem professor, sem ônibus escolares. Muito diferente das Escolas Dignas de hoje, tão bonitas, de alvenaria, bem pintadas, com carteiras escolares, cozinhas e banheiros higienizados que dá até gosto de estudar, coisa que eu e o líder do governo Temer não gostamos muito, mas fazemos de vez em quando... E os professores até recebem aumentos nos salários.
- Muito bem, Senhor aluno senador Roberto Rocha, vou lhe dar mais uma chance. Quem assinou a Lei Áurea?
- Roseana Sarney. No mesmo dia em que assinou o contrato de construção da Refinaria Premium I e a Ordem de Serviço para construção da estrada Arame-Paulo Ramos que, naturalmente, como é justo, nunca foram construídas porque os recursos foram aplicados em champagnes, lagostas, pif paf e eleições.
- Muito bem, senador, muito bem. Quem foi Tiradentes?
- Um grande político, um grande senador que foi decapitado e esquartejado na Penitenciária de Pedrinhas, como quase todo mundo naquela prisão durante o governo Roseana Sarney, porque votou pelo prosseguimento do inquérito contra Michel Temer no Supremo Tribunal Federal, o que deixou muito aborrecido o ex- presidente José Sarney.
- Minha Nossa Senhora! Senador, me diga pelo menos quem criou a Academia Brasileira de Letras?
- Fernando Sarney e Joaquim Haickel. Naturalmente com as LETRAS das toadas do Boizinho Barrica que acabou virando nome de operação da Polícia Federal, mas graças a Deus tudo acabou em samba, não em toada.
- Cabra ruim... ninguém no mundo ia querer ter um filho assim. Pra finalizar: De quanto é a dívida da Rádio Capital com os funcionários e porque o dono da emissora não quer pagar?
- A dívida... Bom, eu não sei, juro que não sei, mas o pagamento deve ser feito depois do repasse para a saúde dos senadores feito pela Codevasf... Acertei?
- Acertou. Está expulso da escola.


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Polícia Civil prende homens que assaltaram a Faculdade Pitágoras em São Luís

Um dos suspeitos era aluno da escola e passava informações do local


Na tarde desta quarta-feira (15), a Polícia Civil prendeu em flagrante quatro homens envolvidos no assalto a alunos de faculdade uma particular localizada no bairro Turu, em São Luís. Um dos suspeitos se chamava Elias Loureiro e era estudante do curso de Engenharia Mecânica da faculdade.
De acordo com a polícia civil, Elias passava as informações do local e também participou do crime. Ele e os outros 3 suspeitos foram levados para o plantão da delegacia do Cohatrac.
O caso aconteceu no última terça-feira(14). A polícia informou que dois bandidos invadiram a faculdade particular durante a noite, no horário das aulas. Muitos alunos que estavam nas salas ficaram assustados com os assaltantes armados andando pela faculdade.

Um soldado da polícia militar identificado como Antônio Erik Pereira Pastor era estudante da faculdade e tentou dominar um dos assaltantes. O policial foi baleado em uma das mãos após troca de tiros e depois foi levado ao Hospital do Servidor. De acordo com a Polícia Militar, no dia do crime os assaltantes fugiram , mas um deles foi baleado.
(G1 MA)

É taca! Flávio Dino aumenta para 39 pontos vantagem sobre Roseana em Imperatriz; Ricardo Murad some no mapa eleitoral



O atual governador e pré-candidato a reeleição, Flávio Dino (PCdoB), ampliou a vantagem sobre a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) em Imperatriz. É o que aponta pesquisa do Instituto Interpretar feita com exclusividade para o jornal Correio Popular, sobre a intenção de votos do imperatrizenses para as eleições de 2018.
De acordo com o levantamento, no mês de agosto Dino contava com 51% das intenções de votos válidos em Imperatriz, contra 23% de Roseana. Já em novembro, Dino subiu para 65% dos votos válidos e Roseana oscilou para 26%. A vantagem, que era de 28 pontos percentuais, subiu para 39 pontos.
Ou seja, nos últimos quatro meses o comunista obteve um crescimento junto ao eleitorado de Imperatriz de mais de dez pontos percentuais nos votos válidos. Com isso, ampliou sua vantagem para vencer ainda no 1º turno – ao menos de depender dos votos dos imperatrizenses.

Dino segue na frente

Os números favoráveis a Dino são reflexo da boa aceitação popular do atual governo em Imperatriz, item que também foi analisado na pesquisa. Segundo a projeção, a gestão Dino tem 64,3% de aprovação na maior cidade do Sul do Maranhão. 

Na aprovação popular de seu governo, Flávio Dino também teve uma elevação no período. Em agosto, 54% dos imperatrizenses apoiavam seu governo. Em novembro, esse número cresceu para 65%.
Este ano, o Governo do Maranhão entregou o serviço de oncologia infantil na cidade, bem como a iluminação da avenida Pedro Neiva. Está em fase de conclusão da obra da Beira Rio, e o Hospital Macrorregional completou um ano de serviço. 
A pesquisa do Instituto Interpretar foi realizada no dia 10 de novembro em Imperatriz, ouvindo 600 pessoas. O levantamento tem margem de erro de 4 pontos percentuais.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Maranhão tem a gasolina mais barata do país, mostra pesquisa nacional



O Maranhão lidera a lista dos Estados com a gasolina mais barata em todo o Brasil, de acordo com o mais recente levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
A pesquisa que atesta que os maranhenses pagam o menor preço por litro de gasolina no país foi realizada entre os dias 05 e 11 de novembro, em 73 postos maranhenses espalhados pelo estado.
O levantamento mostra que a média cobrada no Maranhão é de R$ 3,533, deixando o Estado a frente de estados como o Rio de Janeiro, que registrou alta de 2,03%, passando de R$ 4,174 o litro para R$ R$ 4,259, no mesmo período.
Fiscalização e ICMS
Entre os fatores que fazem com que o combustível seja mais barato em terras maranhenses estão a intensa atuação contra fraudes com combustíveis no Maranhão realizada pelo Procon e pelas polícias e a aplicação de uma das mais baixas tributações estaduais sobre combustíveis, que torna a tarifa maranhenses a sétima menor do Brasil.

Segundo o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, as fiscalizações continuarão a ser feitas. “Por orientação do governador Flávio Dino continuaremos com as fiscalizações a fim de garantir qualidade e preços justos em todo o Estado”, pontuou o presidente.

Aeronáutica oferece 17 vagas para servir na base de Alcântara

De acordo com informações da FAB, o salário inicial é de R$ 9.715,40.


A Força Aérea Brasileira (FAB) está oferecendo 17 vagas para o quadro de Oficiais da Reserva de 2ª Classe Convocados para atuação em áreas militares na cidade de Alcântara, distante 20 km de São Luís. As inscrições foram abertas nessa segunda-feira (13) e vão até dia 24 de novembro. Podem se inscrever homens e mulheres menores de 45 anos, com interesse em servir de forma temporária na Aeronáutica. O salário inicial é de R$ 9.715,40.
As áreas de atuação oferecidas são Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), Grupamento de Apoio de Alcântara (GAP-AK) e Esquadrão de Saúde de Alcântara (ES-AK).
Os interessados devem ter graduação em Administração, Análise de Sistemas, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Telecomunicações, Nutrição, Serviços Jurídicos, Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Ortopedia, Pediatria, Psiquiatria e Endodontia. Um vaga para cada área, sendo que para Engenharia Civil são duas. O edital determina também o “registro no respectivo conselho profissional, exceto para as especialidades Análise de Sistemas e Serviços Jurídicos”.
O interessado deve levar pessoalmente ou mesmo por meio de procurador, um Requerimento de Inscrição e a documentação para a Avaliação Curricular no Escritório de São Luís (ESL) do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), que fica no Tirirical, próximo ao Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado.

Os classificados nas etapas anteriores passarão por duas fases finais para terem seu ingresso confirmado na vida militar. Primeiro terão 60 dias corridos para tarefas de adaptação e nos seis meses seguintes serão promovidos a Segundo-Tenente e, assim, incluídos no Quadro de Oficiais da Reserva de Segunda Classe Convocados (QOCon) da FAB.

Estudantes da rede municipal lançam “Fortuna no céu” para frequentadores da Feira do Livro



Nesta terça-feira, (14), às 16h, no Cine Praia Grande, do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, 12 estudantes da rede municipal de ensino de São Luís, com idade entre 07 e 13 anos, lançam a coletânea "Fortuna no Céu", de histórias infantis ilustradas, que retratam temáticas do dia a dia, vividas ou observadas pelos mesmos em seu cotidiano, a exemplo do bullying, internet, mídias, reciclagem, preconceito, tolerância, entre outras.
Os autores das histórias são alunos do Núcleo de Enriquecimento para Estudantes com Características de Altas Habilidades ou Superdotação (NEECAHS), mantido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Localizado na Rua de Santana, nº 415, Centro, o Núcleo de Enriquecimento foi inaugurado em setembro de 2015, e atende hoje, nos dois turnos, aproximadamente 60 estudantes com características de altas habilidades ou superdotação.
LANÇAMENTO
A solenidade de lançamento da coletânea "Fortuna no Céu" terá a presença de todos os escritores mirins: Ana Sophia Martins (UEB Newton Neves), Claudia Cantanhede (UEB Mário Andreazza), Danielly Cantanhede (UEB Luis Viana), Dayane Baima (UEB Newton Neves), Evelyn de Cássia Passinho (UEB Alberto Pinheiro), Hemely Farias (UEB Justo Jansen), Isabelly dos Santos (UEB Alberto Pinheiro), Larissa Matos (UEB Justo Jansen), Maycon Abreu (UEB Justo Jansen), Pedro de Mesquita (UEB Alberto Pinheiro), Rayane Mendes (UEB Carlos Madeira) e Sthefany Lima (UEB Justo Jansen).

Logo após o lançamento da coletânea, os familiares dos estudantes presentes receberão um exemplar autografado pelos próprios autores. Em momento posterior, os demais exemplares (num total de 500) serão autografados e distribuídos em unidades de ensino da rede pública municipal de São Luís, para consulta e leitura por parte dos demais alunos.

Deputado critica vinculação do crime de Lúcio André Genésio ao nome do prefeito Luciano Genésio, de Pinheiro

JM Cunha Santos


O deputado Raimundo Cutrim ocupou a tribuna da Assembleia para criticar a vinculação que segundo ele vem sendo feita pela imprensa ao nome do prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, por conta do crime cometido pelo irmão Lúcio André Genésio, que espancou barbaramente e tentou atropelar a ex-esposa logo após uma confraternização na Lagoa da Jansen.
Conforme Raimundo Cutrim, cada um é responsável por seus atos. “Eles são irmãos, mas que culpa tem Luciano Genésio pelo ato que o outro cometeu”, indagou o parlamentar. Cutrim lembrou que pagou um preço muito alto por esse tipo de vinculação no ano de 2008 e disse que a imprensa deve ter cuidado, que “Nós não podemos responsabilizar terceiros, pai, mãe, irmãos, parentes, pelos atos de quem quer que seja.
Raimundo Cutrim se referiu também ao fato de que os delegados de polícia, desde a semana passada, já não podem aplicar medidas protetivas, o que ficou a cargo somente do Poder Judiciário.

“O crime não pode passar da pessoa aos familiares”, afirmou Raimundo Cutrim Mas a principal crítica da imprensa diz respeito à fiança arbitrada pelo delegado, no valor de pouco mais de R$ 4 mil, diante de um crime flagrante, violento, que poderia ter resultado em mais um feminicídio no Maranhão, não fosse a intervenção de terceiros, segundo todas as notícias divulgadas no Estado.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Justiça decreta prisão de homem que espancou e tentou atropelar a ex-mulher em São Luís



O juiz que esteve de plantão no Tribunal de Justiça, neste fim de semana, em São Luís, Clésio Coelho Cunha, decretou a prisão preventiva de Lúcio André Genésio por conta de agressões físicas a sua ex-companheira, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva. O pedido de prisão foi protocolado pelo Ministério Público, por meio da promotora Bianka Sekkef Sallem Rocha. O delegado de Polícia Civil, Válber Braga, que arbitrou fiança ao agressor, também deve ser investigado pela Corregedoria a pedido da Justiça.
Em declaração ao Ministério Público, a vítima revelou que já foi agredida várias vezes, inclusive quando estava grávida. Em uma das agressões, na cidade de Pinheiro, Lúcio Genésio chegou a ser preso em flagrante.
Disse ainda ao MP que no sábado, dia das agressões, ela começou a ser espancada desde a Lagoa da Jansen até próximo ao seu condomínio, no bairro Cohama. Ele a expulsou do veículo, quebrou seu celular e foi embora. Não demorou muito, voltou com o mesmo carro e a forçou entrar no condomínio onde continuou com a agressão física.
Ela relata que conseguiu sair do carro e pediu socorro. Os gritos chamaram atenção dos vizinhos, que lhe socorreram. A Polícia Militar foi chamada e conduziu Lúcio André Genésio até a delegacia. A advogada está com marcas por todo corpo e o olho esquerdo ela nem consegue abrir.
Diante dos fatos, o Ministério Público pediu e a Justiça decretou a prisão preventiva do agressor.
Fiança
Outro aspecto destacado pela promotora Bianka Sekkef Sallem Rocha foi quanto a atuação do delegado Válber Braga, que recebeu o agressor das mãos dos policiais militares. O MP disse que ele arbitrou fiança de R$ 4.685. Este valor foi pago e Lúcio Genésio liberado.
- Porém quanto ao pagamento de fiança, o Ministério Público entende que o delegado de Polícia Civil não poderia assim proceder. Isso porque o autuado já responde a outro crime de violência doméstica na Comarca de Pinheiro – diz trecho da fundamentação do Ministério Público.
O juiz Clésio Coelho Cunha recebeu o pedido e endossou a manutenção da prisão do agressor. “Além do mais, quando houver motivos para decretação da prisão preventiva, é impossível concessão e arbitramento de fiança”, diz o magistrado em parte do seu despacho.
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional Maranhão lançou nota sobre o caso. "Neste de violência contra a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva, a OAB/MA está vigilante e coloca à disposição da vítima a Comissão da Mulher e da Advogada e também a Comissão de Acompanhamento das Vítimas de Violência para que sejam tomadas todas as providências legais e cabíveis para que o ato violento seja submetido aos preceitos legais", diz trecho da nota.
Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que determinou a imediata apuração do caso pela Corregedoria Geral do Sistema de Segurança Pública.
Nota da OAB
A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão vem a público repudiar todo tipo de violência praticada contra as mulheres e se solidarizar com a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva. Ela foi vítima de violência moral e física praticada pelo seu ex-companheiro, Lúcio André Genésio, no último final de semana.
A Seccional Maranhense, assim como tem feito em episódios envolvendo casos de violência contra a mulher e desrespeito aos direitos e princípios fundamentais dos cidadãos e advogados, tem se posicionado, tomado todas as providências cabíveis e acompanhado às investigações e desdobramentos de todos os casos. Neste de violência contra a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva, a OAB/MA está vigilante e coloca à disposição da vítima a Comissão da Mulher e da Advogada e também a Comissão de Acompanhamento das Vítimas de Violência para que sejam tomadas todas as providências legais e cabíveis para que o ato violento seja submetido aos preceitos legais.
É imensurável e inaceitável a violência moral e física em que a profissional em advocacia foi submetida. A ação reflete que a sociedade ainda tem muito a caminhar para garantia plena dos direitos das mulheres. A violência contra a mulher está, sim, enraizada na cultura brasileira, que banaliza as agressões e, não raro, atribui a culpa à própria vítima. Uma cultura que o sistema OAB, da qual faz parte a Seccional Maranhense, tem trabalhado para descontruir, e fortalecer o conceito de soridade, ação fortemente presente no feminismo, sendo definido como um aspecto de dimensão ética, política e prática deste movimento de igualdade entre os gêneros. Do ponto de vista do feminismo, a sororidade consiste no não julgamento prévio entre as próprias mulheres que, na maioria das vezes, ajudam a fortalecer estereótipos preconceituosos criados por uma sociedade machista e patriarcal. O sistema OAB se coloca à disposição das instituições de Estado e da Sociedade Civil Organizada, para sermos os mediadores desse grandioso processo de mudanças no país.


Polícia prende suspeitos dos assassinatos do cabo PM Josélio e de seu enteado



Policiais militares prenderam quatro suspeitos de envolvimento com as mortes do cabo PM Josélio Rocha Sousa, de 45 anos, e de seu enteado, Yuri de Paula Silva, o “Chacal”, de 26 anos, na tarde deste domingo (12), na Estrada do Sítio Grande, em Paço do Lumiar.

Foram presos Nicolas Monteiro Ribeiro, residente no Parque Vitória; Herbert Mendes Pinho, residente na 2ª Trav. São Jorge, no Pão de Açúcar; Rafael de Jesus Fonseca, residente na Rua da Viração, no Centro; e Islane Katherine Ferreira, residente na Liberdade.

Todos foram encaminhados para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). Os presos estão prestando depoimentos neste momento.
Na Estrada do Sítio Grande, os assassinos fizeram a emboscada que terminou com a morte do PM e de seu enteado. O alvo do bando era “Chacal”, conhecido homicida, e bastante conhecido da polícia.
A esposa de Yuri, Ingrid Maria de Jesus Ferrari, foi alvejada por dois disparos na região do braço. O filho do casal, Levi de Paula, de 1 ano, foi atingido na mão direita.

Os veículos utilizados pelos criminosos são uma Saveiro, cor branca, placa OJK-6595, e um Peugeot, cor cinza, placa NHA-6587.


A Saveiro foi localizada e apreendida na 3ª Travessa Nossa Senhora das Graças, na Liberdade.

domingo, 12 de novembro de 2017

Policial Militar e enteado são mortos em Paço do Lumiar




Um cabo da Polícia Militar identificado como Josélio Rocha Sousa, de 45 anos, foi morto na tarde deste domingo (12) durante uma emboscada ocorrida na MA-202, no município de Paço do Lumiar, situado na Região Metropolitana de São Luís.
Segundo informações da polícia, o cabo estava voltando para casa quando o carro em que ele dirigia começou a ser atingido por disparos de arma de fogo vindo de dois veículos ainda não identificados.
Além do militar, também foi atingido e morto o seu enteado reconhecido como Yuri de Paula Silva, 26. Ainda conforme a polícia, Yuri tinha saído do Complexo Penitenciário de Pedrinhas em setembro deste ano e estava cumprindo pena por roubo.

No carro estavam além do cabo e do seu enteado, a esposa do militar identificada como Maria do Socorro Paula de Almeida, a esposa do Yuri reconhecida como Ingride Maria de Jesus Ferrari e mais uma criança de um ano que foram socorridos e levados para um hospital. O cabo Josélio Rocha Sousa era lotado no 9º BPM.
(Com informações  G1 MA)

Minha Casa, Meu Maranhão entrega mais 100 casas populares



Mudar a realidade e oferecer dignidade a centenas de pessoas tem sido uma marca da gestão Flávio Dino. Nesse sábado (11) não foi diferente e 100 famílias de Santa Filomena, município do Centro Maranhense, puderam deixar no passado as moradias improvisadas e receberam casas de alvenaria do Governo do Estado.
A entrega faz parte do programa Minha Casa, Meu Maranhão, que melhora a qualidade das moradias de áreas rurais e urbanas dos municípios incluídos no Plano Mais IDH e dá dignidade, segurança e conforto aos maranhenses.
São pessoas como Maria Luana da Silva, moradora do povoado Grota de Lage, que divide a casa com os dois filhos e o marido.
“Estou muito feliz, é um sonho realizado. A diferença da minha antiga casa de barro para essa aqui é muito grande. Agora temos um banheiro dentro de casa, a casa é mais confortável, a dormida é melhor”, conta a lavradora, que achou que o dia de ter uma casa de alvenaria nunca chegaria.
No povoado, foram entregues 41 das 100 unidades habitacionais doadas pelo Governo do Estado aos moradores do município. Com aproximadamente 46,43 metros quadrados de área construída, as casas possuem sala, dois quartos, cozinha, banheiro, quintal com área de serviço, rede de abastecimento de água e espaço para atividades de agricultura.
“Agora nós moramos num lugar bom, que antes não morávamos. Eu sou muito grato ao governador Flávio Dino porque tudo que já veio aqui para o povoado foi o governador que mandou”, conta o lavrador Antônio Neto Alves de Sousa, do povoado de Grota do Laje.
Entregas



Além das novas casas, os moradores de Santa Filomena receberam água encanada com a entrega de dois Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SSAA) para os bairros Centro e Nazaré, assinatura da ordem de serviço no valor de R$ 1 milhão para recuperação de ruas e avenidas pelo Programa Mais Asfalto, entrega do Ginásio Poliesportivo Rosenir Mourão Costa no âmbito do Programa Escola Digna, e mais 204 itens esportivos.

Saiba os concursos abertos do Governo do Maranhão e os que estão por vir



Além do concurso da Polícia Militar, cujas inscrições estão abertas, há outras oportunidades em andamento e que estão por vir no Governo do Maranhão. Veja abaixo o que está acontecendo e o que está previsto:
Concurso da PM – Inscrições abertas
São 1.214 vagas para níveis médio e superior. As inscrições vão até 18h (horário de Brasília) do dia 30 de novembro de 2017 no site http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17/
Os cargos em disputa são de 1º Tenente do Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar (nível superior) e para o cargo de Soldado do Quadro de Praça (nível médio).
Os salários são de R$ 4.019,62 para ensino médio e R$ 6.913,74 para nível superior.
As provas objetivas para os cargos de nível superior terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 28 de janeiro de 2018, no turno da manhã. As provas objetivas para o cargo de nível médio serão no mesmo dia, mas à tarde.
Uema – Inscrições abertas
Até 07/12/2017, estão abertas as inscrições para Concurso Público destinado ao provimento de Cargo na Carreira do Magistério Superior,  para atender ao Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais – CECEN/Curso de Música Licenciatura. Os salários vão de R$ 6.166,88 a R$ 8.236,21. O edital está http://www.uema.br/wp-content/uploads/2017/10/edital-n%C2%BA-239-2017-inscri%C3%A7%C3%A3o-de-concurso-M%C3%BAsica-CECEN-ASS-e-ADJ1115.pdf
Até 17/11/2017, estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado destinado à contratação de Professor Substituto para o Centro de Estudos Superiores de Timon. O edital pode ser consultado no endereço http://www.uema.br/wp-content/uploads/2017/11/EDITAL-n.%C2%BA-247-2017-GR-UEMA-TIMON1493.pdf O salário a que fará jus o professor substituto, contratado no regime de vinte horas semanais, será de R$ 2.000,20.
Concurso para Saúde – Previsto (ainda sem data)
O governador Flávio Dino sancionou o Projeto de Lei que cria mil vagas de emprego, por meio de concurso público, na área da Saúde no Maranhão. “Agora é lei: 1.000 vagas efetivas para área da saúde. Vamos organizar o concurso público”, disse o governador por meio das redes sociais nesta semana. As vagas são para o quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), responsável pela gestão de 45 unidades de saúde em São Luís e no interior do Estado. Destinadas a profissionais com nível médio e superior, as vagas têm salários entre R$ 1.000,00 e R$ 7.425,31.
Concurso para professores do campo – Previsto (para 2018)
Flávio Dino também anunciou, nesta semana, a realização de concurso público para educadores do campo, com previsão de atendimento de escolas da zona rural, de comunidades quilombolas e indígenas. “Em 2018, vocês podem se preparar, vamos fazer o concurso específico para educação no campo, incluindo a previsão de vagas para escolas quilombolas e indígenas”, afirmou.
Concurso para UemaSul – Previsto (ainda sem data)
O governador Flávio Dino anunciou em Imperatriz, nesta semana, que a UemaSul vai fazer concurso para professores com 30 vagas.
Orçamento de 2018 – Previsto (ainda sem data)
A proposta de Orçamento do Governo do Maranhão para 2018 prevê a criação 931 vagas para contratação de pessoal em nove secretarias e órgãos da administração direta e indireta. As oportunidades serão oferecidas por meio de concursos públicos e seletivos, para nível médio e superior. De acordo com a proposta, enviada à Assembleia Legislativa, haverá investimentos de R$ 67,7 milhões para garantir as novas contratações.
Veja o que está previsto na criação e/ou no provimento de cargos e empregos, admissão ou contratação:
Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária (SEAP): 120 vagas;
Fundação da Criança e do Adolescente (FUNAC): 100 vagas;
Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON-MA): 51 vagas;
Secretaria de Estado da Educação (SEDUC): 457 vagas;
Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul): 30 vagas;
Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (INMEQ): 43 vagas;
Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED): 100 vagas;
Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (SEPLAN): 20 vagas;

Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC): 10 vagas.